29 de Maio de 2008


O município de Mirandela aproveitou a realização da 2ª Festa da Geografia para inaugurar um monumento alusivo à Ciência Geográfica. Este, encontra-se numa das rotundas daquele município.

Fonte: Mailling List Geografia PT

Crédito/Foto: Sérgio Claudino
publicado por Madeira às 11:29

Gasolina cara
publicado por Madeira às 10:17

É bárbaro. É irracional. É humano. Gostava de perceber porque razão o Homem se julga superior em relação às outras espécies animais. Será que ainda não atingimos um nível de inteligência tal que nos permita compreender que nós, Homem, coabitamos de igual forma num planeta comum? Que precisamos de alguma harmonia entre espécies de modo a conseguirmos um equilíbrio? Será que o Homem não entende que a destruição, "barata", de espécies coloca a sua própria existência em risco? Tudo bem, eu sei que no reino animal existe várias relações possíveis, uma delas é a de predação. Não a de deboche. E infelizmente o Homem tem uma relação, altamente, depravada para com os animais. Refiro-me claro, a isto. É uma vergonha o que se passa nesta quinta chinesa. Infelizmente é um caso conhecido em milhares desconhecidos. Não será isto terrorismo? E quem compra estas peles não deverá ser cúmplice das barbaridades que fazem a estes animais?


Para acabar, quero apenas dizer que na minha muito humilde opinião, o Homem para além de tudo o que conquistou ainda não é uma espécie capaz e organizada, dentro do reino animal.


publicado por Madeira às 02:09

26 de Maio de 2008

O famoso actor e agora Governador do estado da Califórnia, Arnold Schwarzenegger proferiu um discurso onde afirma que o estado que governa está a implementar, com grande força, uma infraestrutura desta tecnologia (Sistemas de Informação Geográfica), para ajudar a garantir uma maior segurança à comunidade. Referiu-se em especial aos incêndios e ao combate aos fogos que ano após ano fustigam aquele estado Norte Americano.


A CIO (Chief Information Officer) do estado da Califórnia, Teri Takai, afirma que:




Geographic Information Systems are extremely important in that they provide a statewide look at the physicals, if you will, in the state



Todos nós sabemos bem o poderio desta tecnologia. Com esta ferramenta podemos criar bases de dados e relacionar variáveis, com a finalidade de precaver alguns acidentes que inevitavelmente possam ocorrer. É certo que não podemos adivinhar quando vão ocorrer, mas com um sistema deste género podemos precaver as populações e recursos e garantir a sua segurança.


É obrigatório dizer que esta tecnologia está ao alcance de qualquer estado ou governo. Basta apenas vontade e alguns recursos para implementar esta infraestrutura nos serviços públicos.


Podem ler a notícia na íntegra no MercuryNews.com

publicado por Madeira às 12:06

23 de Maio de 2008

No próximo dia 26 de Maio vai realizar-se a "Noite do Software Livre: porquê utilizar o software livre nos nossos computadores?". Este evento tem lugar às 21h30 no Anfiteatro 1 do Colégio Luís Verney na Universidade de Évora. A organização está a cargo da Unidade de Biologia da Conservação da Universidade de Évora.


Um dos oradores convidadados é o Paolo Cavallini, developer de Sistemas de Informação Geográfica e Presidente da GFOOS.it, que irá dissertar sobre "Software SIG Open Source e Dados Geográficos Abertos". Os outros oradores são o Eng.º João Neves, Presidente da ANSOL (Associação Nacional para o Software Livre), que irá intervir sobre o "Software Livre em Portugal". E por último, o Prof. Luís Rato, do Departamento de Informática da UE, que irá abordar o "Projecto Allinex" (Sistema Operativo GNU/Linux), software desenvolvido pela Universidade de Évora em parceria com a Junta da Extremadura. (ver cartaz)


Na minha opinião é um evento a não perder. É bom ver que o movimento Open Source começa cada vez mais a apresentar alternativas credíveis ao software proprietário. E isto também acontece no sector dos Sistemas de Informação Geográfica, onde começam a aparecer aplicações capazes de rivalizar com as grandes marcas do mercado. É por isto, que considero interessante a intervenção do Paolo Cavallini, que está à frente de uma associação que defende a alternativa free dos SIG's.


Localização


[wp_geo_map]


 

publicado por Madeira às 01:58

19 de Maio de 2008

São muitas as vezes que aparecem dúvidas sobre como transformar coordenadas entre sistemas (projectadas ou geográficas), e os Datums a usar. De facto, a resolução da conversão não se resume a uma escolha aleatória por parte do utilizador. Tem de existir algum conhecimento de base cartográfica para se saber o que se está e pretende fazer. A ferramenta de conversão que aqui vou indicar è subejamente conhecida entre os técnicos que diáriamente trabalham com cartografia representanda nos mais variados sistemas de coordenadas. Estou a falar da ferramenta de transformação de coordenadas que o Instituto Geográfico do Exército (IGEOE) tem ao dispor de todos. É bastante simples de usar e os resultados retomados são até, arrisco a dizer, mais do que realmente precisamos.

Mas nem só o IGEOE dispõe desta ferramenta on-line. O Gabriel Ortiz, disponibiliza no seu site um conversor , on-line, de coordenadas, que podem aceder aqui.

Contudo, e se estas duas ferramentas não ajudarem na resolução do problema de transformação de coordenadas, podem e devem fazer uma pesquisa, no Google claro!, com as keywords acertadas. Esta pesquisa não só nos mostra algumas soluções como nos disponibiliza outros documentos que podem ajudar a aumentar o conhecimento sobre o assunto.

A título de curiosidade deixo aqui uma imagem de um diagrama explicativo sobre sistemas de coordenadas e transformações.

 


Siga esta espécie de bloco de notas...// no Facebook AQUI | Subscrever FEED RSS

publicado por Madeira às 20:52

A instalação do ArcGis 9x no Windows Vista tem sido um autêntico quebra cabeças, para uns a instalação fica defeituosa e para outros simplesmente não instala e o próprio sistema operativo quebra. Antes demais devo dizer que este problema não me atinge, na medida em que para esses tipos de softwares utilizo o XP, que na minha opinião é um bom sistema operativo, e sempre que me posso escapar utilizo o Ubuntu e sinto-me livre. Após algumas leituras sobre o assunto, e com o intuito de prestar ajuda neste tópico, deixo aqui a descrição pormenorizada dos passos a efectuar para a instalação do software. Antes disso, deixo aqui a nota, que mesmo este tipo de instalação pode não funcionar em todos os Windows Vista, pois pelo que tenho lido, parece que existe por aí muitos tipos deste SO. Depois da instalação tentem uma reza e pode ser que a coisa funcione, ou então instalem o XP que é garantido.


Instalação



1. Instalar o ArcGis como normalmente o faz, tendo a certeza que a licença está no seguinte caminho, «C:program filesesrilicensearcgis9x»
2. Continuar com a instalação normal do software
3. Com o bloco de notas, criar um ficheiro, sugiro que o criem no vosso ambiente de trabalho, com o nome “Start License Manager.cmd”
4. No ficheiro que criaram com o bloco de notas, “Start License Manager.cmd”, devem inserir o seguinte código:
@echo off
cmdow @ /hid
cd “c:program filesesrilicensearcgis9x”
lmgrd -z -c license.lic
Depois de inserir o código deve-se ter a certeza que o ficheiro foi guardado.
5. Este último passo não é bem um passo mas sim uma nota muito importante: Sempre que queiram utilizar um, qualquer, módulo do ArcGis devem correr primeiro o ficheiro que criaram. A execução deste ficheiro é importante porque vai fazer com que se inicie o Gestor de Licença (License Manager) dos serviços necessários que permite que se utilize o ArcMap, Catalog, etc.

Nota: Volto a frisar que pode não funcionar com todos os Windows Vista. Caso a instalação não dê frutos, não há problema, o software é desinstalado e volta-se à estaca zero. Agradeço também que quem experimente este tipo de instalação e se for, ou não, bem sucedido deixe aqui o seu testemunho.

publicado por Madeira às 17:49

18 de Maio de 2008

Diz assim o Sr. Vasco Pulido Valente:




Um dia, em 1977 ou 1978, Diogo Freitas do Amaral, um grande patriota de grande fervor, disse que um povo - como o nosso -, que tinha descoberto o caminho marítimo para a Índia, era concerteza capaz de descobrir o caminho para o desenvolvimento.



Não é que não concorde, mas o nosso povo sofreu uma grande transformação. Um claro sinal disso é a falta de ambição e vontade de querer mais e melhor. O comodismo permite isso mesmo. E a nossa sociedade é bastante comodista. Tem de haver uma grande mudança na mentalidade do nosso povo, para que, aí sim, possamos descobrir o verdadeiro caminho para o desenvolvimento.

publicado por Madeira às 21:10

16 de Maio de 2008

O senhor ministro das finanças, todo orgulhoso de si mesmo, afirma que está afastada a hipótese da redução do ISP (imposto sobre produtos petrolíferos). O senhor parece não querer saber de mais nada a não ser da receita que obtém com este imposto.


É um claro sinal de quem despreza a economia do país. Existe muitas razões para Portugal, hoje em dia, não ser um país competitivo e uma delas é a grande dependência de petróleo, que faz com que a produção de produtos e a prestação de serviços tenham um aumento significativo dos preços, cada vez que aumenta o valor do barril de petróleo.


Outra coisa que certamente o senhor ministro pretende é, desta forma, garantir também um bom lucro para os boys da GALP. Algo está mal e vai ter que mudar...

publicado por Madeira às 20:36

Sou claramente contra o acordo ortográfico. Penso que cada cultura deve preservar o seu dialécto - tanto falado como escrito - por forma a preservar as suas origens. Tudo bem, eu sei que a única diferença é na escrita mas quando tivermos obrigatóriamente que escrever segundo o novo acordo, vai parecer, que estamos a escrever numa língua completamente diferente. Durante todo o meu percurso pelo ensino tenho ouvido chamar a esta nossa língua a «Língua de Camões». E agora como se vai chamar?


Segundo o jornal Público, este acordo foi aprovado pelo parlamento.

publicado por Madeira às 18:04

Related Posts with Thumbnails
pesquisar
 
Revista FOSSGIS Brasil
arquivos
2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2008:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


comentários recentes
Eu so tenho o quantum gis instalada mais os passos...
José Carlos, quais das experiencias é que utilizas...
Bom dia,Fiz a experiência e deu os resultados espe...
Caro Luis Carlos MadeiraNeste momento estou com um...
Bom diaPrecisava de ajuda numa questão, se fosse p...
subscrever feeds